sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Internacional: Olafur Eliasson no Museu Guggenheim Bilbao

Mostra começa em fevereiro e vai até junho de 2020
Foto: Divulgação
- 14 de fevereiro a 21 de junho de 2020

- Curadores: Mark Godfrey, Curador Sênior, Arte Internacional, Tate Modern, e Lucía Agirre, Curadora, Museu Guggenheim Bilbao.

- Patrocinado por: Iberdrola

- Exposição organizada pela Tate Modern em conjunto com o Museu Guggenheim Bilbao


A exibição de cerca de 30 obras criadas entre 1990 e 2020 desafia a maneira como navegamos e percebemos nosso ambiente, levando-nos a refletir sobre as questões urgentes de hoje.

No centro da prática artística de Eliasson está sua preocupação com a natureza, inspirada no tempo passado na Islândia; sua pesquisa em geometria; e suas investigações em andamento sobre como percebemos, sentimos e moldamos o mundo ao nosso redor.

A prática de Eliasson vai além da criação de obras de arte e exposições, incluindo intervenções públicas, projetos de arquitetura e advocacia.

Fora do museu, uma cachoeira com mais de onze metros de altura, construída com andaimes e bombas, chama a atenção dos espectadores para essa "natureza construída" em um ambiente urbano.

O Museu Guggenheim Bilbao apresenta Olafur Eliasson: Na vida real, uma pesquisa sobre a carreira de Olafur Eliasson (1967), um dos artistas mais proeminentes da atualidade. Através de cerca de 30 obras criadas entre 1990 e 2020 - incluindo esculturas, fotografias, pinturas e instalações - a exposição desafia a maneira como navegamos e percebemos nosso ambiente, levando-nos a refletir sobre as questões urgentes de hoje.

A arte de Eliasson deriva de um interesse em percepção, movimento, experiência incorporada e sentimentos de si. No centro de sua prática artística está sua preocupação com a natureza, inspirada pelo tempo passado na Islândia; sua pesquisa em geometria; e suas investigações em andamento sobre como percebemos, sentimos e moldamos o mundo ao nosso redor. Sua prática vai além da criação de obras de arte e exposições, incluindo intervenções públicas e projetos de arquitetura.

-  February 14 through June 21, 2020

- Curators: Mark Godfrey, Senior Curator, International Art, Tate Modern, and Lucía Agirre, Curator, Guggenheim Museum Bilbao.

-   Sponsored by: Iberdrola

- Exhibition organized by the Tate Modern in conjunction with the Guggenheim Museum Bilbao

The exhibition of around 30 works created between 1990 and 2020 challenges the way we navigate and perceive our environment, leading us to reflect on the urgent issues of today.

Central to Eliasson’s artistic practice are his concern with nature, inspired by time spent in Iceland; his research into geometry; and his ongoing investigations into how we perceive, feel about, and shape the world around us.

Eliasson’s practice extends beyond making artworks and exhibitions to include public interventions, architectural projects, and advocacy.

Outside the Museum, a waterfall more than eleven meters tall, constructed from scaffolding and pumps, draws viewers’ attention to this “constructed nature” in an urban setting.

The Guggenheim Museum Bilbao presents Olafur Eliasson: In real life, a survey of the career of Olafur Eliasson (1967), one of today’s most prominent artists. Through around 30 works created between 1990 and 2020 – including sculptures, photographs, paintings, and installations – the exhibition challenges the way we navigate and perceive our environment, leading us to reflect on the urgent issues of today.

Eliasson’s art derives from an interest in perception, movement, embodied experience, and feelings of self. Central to his artistic practice are his concern with nature, inspired by time spent in Iceland; his research into geometry; and his ongoing investigations into how we perceive, feel about, and shape the world around us. His practice extends beyond making artworks and exhibitions to include public interventions and architectural projects.

Nenhum comentário:

Postar um comentário