segunda-feira, 27 de julho de 2009

Exclusivo


Por: Ricardo Bello

Ele foi um verdadeiro furacão durante sua juventude. Fãs rasgavam sua roupa e desmaiavam ao ve-lo nos programas de rádio e na TV. O fenômeno Cauby Peixoto, que canta e ainda encanta diferentes gerações com o passar dos anos é o nosso entrevistado da semana.

Com exclusividade, o "professor", que entra em estúdio agora no mês de agosto para gravar seu novo CD, nos fala sobre imitadores, fã escondida debaixo da cama, horas de lazer e muito mais. Confira:

Revista de Cultura - Cauby, qual ou quais músicas suas não podem faltar nos shows?

Cauby Peixoto - Conceição e Bastidores

Revista de Cultura - O que você gosta de fazer nas horas vagas?

Cauby Peixoto -Ensaiar, aprender novas musicas, descansar...

Revista de Cultura - Que tipo de música você gosta de ouvir em casa?

Cauby Peixoto - Qualquer música. Desde que seja boa...

Revista de Cultura - O que acha das imitações que os humoristas fazem de você?

Cauby Peixoto - Ser imitado é um ótimo sinal, não é?! Antes imitado do que ignorado. Eles são ótimos!

Revista de Cultura - Já passou alguma vez por aquelas situações de encontrar fãs no guarda-roupa ou em quarto de hotel?

Cauby Peixoto - Sim. Uma vez tinha uma fã escondida debaixo da minha cama num hotel. Foi muito surpreendente e engraçado. Meu empresário conseguiu tirá-la de lá.

Revista de Cultura - Tem alguma música que você queira muito gravar e ainda não teve oportunidade?

Cauby Peixoto - Temos muitas musicas boas e sempre ficam faltando algumas que ainda não gravamos...

Revista de Cultura - Você é supersticioso? Faz algum tipo de ritual para entrar no palco?

Cauby Peixoto - Não sou supersticioso. Antes de entrar no palco gosto de me concentrar para a entrada. O meu público merece.

Revista de Cultura - Na sua família há outros artistas?

Cauby Peixoto - Vários. Nonô, Ciro Monteiro, meus irmãos Araken (pistonista), Moacyr (pianista), Andyara (cantora). Atualmente, Dalmo no MPB4 e Adriana Peixoto que é filha de Araken e está se revelando uma grande cantora. Atualmente fazendo show aos sábados também no Bar Brahma , onde estou me apresentando há 5 anos todas as segundas-feiras às 22:30h em São Paulo.

Revista de Cultura - Se você não fosse cantor que profissão acha que seguiria?

Cauby Peixoto - Só gosto de música. Talvez músico.

Revista de Cultura - O espaço é seu. Mande uma mensagem para os leitores do blog...

Cauby Peixoto- Um abraço para todos os leitores do Revista de Cultura e que continuem prestigiando sempre a cultura , como tambem o blog Revista de Cultura que é muito interessante.

*Agradecimento à Nanci Lara

Um comentário:

  1. Cauby ! Cauby ! Um cantor que está no nível de Elvis, Sinatra e Tony Bennett. Um dos melhores cantores do mundo. Todo brasileiro deve ter orgulho de termos um artista grandioso como ele. Caiby é Eterno !

    ricardo (ricardo@novosite.com.br)

    ResponderExcluir