segunda-feira, 1 de outubro de 2018

"Chaplin, O Musical" chega a Belo Horizonte em Outubro

Espetáculo emociona e diverte o público em BH
Foto: Divulgação
Um espetáculo musical emocionante, que conta a história de vida do ícone da sétima arte chega a Belo Horizonte: “Chaplin, o musical”. A montagem do espetáculo traz a interpretação de Jarbas Homem de Mello como o responsável por dar vida a Chaplin dos 13 aos 82 anos. A versão brasileira é assinada por Miguel Falabella e produzida por Claudia Raia e Sandro Chaim. A montagem estará no Teatro SESIMINAS, com apresentações nos dias 19 a 21 de outubro.

Sucesso de público em São Paulo, “Chaplin, o musical” apresenta a trajetória de Charlie Chaplin desde sua infância pobre, em Londres, até o estrelato. Pessoas importantes na vida do personagem são levadas ao palco, como o irmão mais velho Sidney (Juan Alba), com quem tinha uma relação de cumplicidade; a mãe, Hannah (Naíma), talentosa cantora de teatro; Oona O’Neil (Myra Ruiz), sua quarta e última esposa; a colunista e crítica ferrenha Hedda Hooper ( Helga Nemeczyk); Fred Karno (Julio Assad), empresário do Music Hall londrino; e Mack Sennett (Paulo Goulart Filho), fundador dos estúdios Keystone e responsável pela estreia de Chaplin no cinema.
O espetáculo ganhou o Prêmio Cenym como Melhor Musical e levou o Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Cenografia e, na mesma premiação, foi indicado a Melhor Musical, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Direção, Melhor Figurino, Melhor Versão e Melhor Musical por Voto Popular. A montagem brasileira do espetáculo traz interpretações musicais grandiosas, que incluem canções originais adaptadas e também cinco músicas compostas especialmente para a versão brasileira. A narrativa ainda é enriquecida com projeções de trechos dos principais filmes dirigidos e encenados por Chaplin.
Realização do Ministério da Cultura e Governo Federal, com produção nacional da Raia Produções e Chaim XYZ Produções, o espetáculo integra a Edição 2018 da Temporada Pólobh que assegura a circulação em Belo Horizonte, de grandes nomes das artes do Brasil e do mundo. Com produção da Pólobh, recebe patrocínio local do Instituto Unimed-BH, viabilizados por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, conta com parceria estratégica com o jornal O Tempo, Rádio Super Notícia e apoio da Fredizak, HBA, Mega Midia OOH e SouBH.
Os ingressos já estão à venda na bilheteria do teatro e não possuem taxa de conveniência. Na internet, as vendas são pelo site: https://ingresso.fiemg.com.br. Também há possibilidade de vendas em grupos pelo emailvendasvip@chaimproducoes.com e telefone (11 97242-8098).

Belo Horizonte (MG)
Período: 19 a 21 de outubro de 2018
Local: Teatro SESIMINAS – Rua Padre Marinho, 60 – Santa Efigênia – Belo Horizonte/MG
Horários: Sexta-feira, às 21h; Sábado, às 21h; e Domingo, às 18h
Preços dos ingressos: R$ 50 a R$ 180
Classificação Etária: Recomendação livre.

FICHA TÉCNICA
Ministério da Cultura e Zurich Santander apresentam:
“Chaplin, o Musical”
Texto Original: Christopher Curtis e Thomas Meehan
Músicas e letras originais: Christopher Curtis
Versão Brasileira: Miguel Falabella
Direção: Mariano Detry
Produtores Associados: Claudia Raia e Sandro Chaim
Direção Musical e Vocal: Marconi Araújo
Coreografia: Alonso Barros
Diretora assistente responsável pela remontagem: Kátia Barros
Cenografia: Matt Kinley
Figurino: Fábio Namatame
Visagismo: Dicko Lorenzo
Design de Som: Tocko Michelazzo
Design de Luz: Drika Matheus
Design de Vídeo: Luciana Ferraz e Otávio Juliano
Elenco: Jarbas Homem de Mello, Juan Alba, Helga Nemeczyk, Naíma, Paulo Goulart Filho, Myra Ruiz, Julio Assad, Lorenzo Tarantelli, Renatinho, Amélia Gumes, Carla Vazquez, Claudia Rosa, Jofrancis, Luana Zenun, Luiza Arruda, Vânia Canto, Abner Depret, Beto Macedo, Caio Mutai Viana, Felíppe Moraes, Gustavo Ceccarelli, Maurício Alves e Rafael Miranda.
Assistente de Direção Musical: Eduardo Pereira
Regente: Marcel Balieiro
Diretora Residente: Sabrina Mirabelli
Apresentado por Ministério da Cultura e Zurich Santander
Realização: Raia Produções, Chaim XYZ Produções, Ministério da Cultura e Governo Federal do Brasil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário