quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Sesc é parceiro cultural da 12ª Mostra CineBH

Em mais um ano, o Sesc, integrado ao Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, é parceiro cultural da Mostra CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, que neste ano está em sua décima segunda edição. O evento acontece de 28 de agosto a 2 de setembro. Sob o eixo curatorial Pontes Latino-americanas, a iniciativa vai se dedicar a exibir, discutir e questionar a produção na América Latina ao longo dos anos, que se preocupou em levar às telas, através de temas ousados e formas inventivas, a própria condição de continente periférico e colonizado. Confira a programação completa aqui

E o Sesc oferece, de 29 de agosto a 2 de setembro, uma programação gratuita no Sesc Palladium, na Praça Duque de Caxias, em Santa Tereza, e no Palácio das Artes. “No Sesc em Minas, a Cultura está integrada aos esforços de promoção do bem-estar e da qualidade de vida dos trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, de seus familiares e das comunidades onde atua. Nesta direção, devolver à sociedade uma Política Cultural diversa e integrada, promovendo parcerias com projetos significativos como a 12ª CineBH, é um dos fios condutores pelos quais o Sesc acredita ser possível constituir uma forma de expansão de conhecimentos, práticas simbólicas e estéticas, de inclusão e integração social, de exercício de cidadania e de geração de renda e atividades econômicas”, afirma Eliane Parreiras, gerente geral de cultura do Sesc.

Estabelecendo pontes entre os saberes do audiovisual e da nossa cultura de forma ampla, o Sesc apresenta uma programação na Mostra que tem o objetivo de ampliar a experiência cultural dos mineiros. Nesse sentido, procurou-se visitar um conjunto de produções artísticas que, por meio de seus processos criativos, respondem às intersecções das linguagens de teatro, música e cinema, além da cultura latino-americana que se manifestam das mais variadas formas, conteúdos e linguagens.

Em 2018, foi ampliada a parceria da Mostra com o Sesc Palladium e serão realizadas as sessõesCine-Escola, voltadas para escolas agendadas, Cine Sabadinho, direcionadas ao público infantil, e a mostra A Cidade em Movimento, que vai dialogar com a programação do Cine Sesc Palladium por meio da exibição de uma produção audiovisual bastante diversa e amparado por Rodas de Conversa sobre os filmes exibidos. Assim, o Sesc fortalece o diálogo com a produção cinematográfica local e sua diretriz de discutir a cidade e refletir sobre questões fundamentais da contemporaneidade como pertencimento, representatividade e espaço de fala.

SOBRE A MOSTRA A CIDADE EM MOVIMENTO
A mostra exibe 16 filmes e promove cinco Rodas de Conversa, que darão visibilidade a produções audiovisuais feitas às margens dos meios tradicionais de realização e que surgem como inclusão social de novas manifestações artísticas. Em 2018, chega a sua terceira edição e é parte integrante da programação da 12ª CineBH. O tema proposto para esta edição é “Deslocamentos” e busca refletir o lugar da câmera na produção da memória social, cultural e política de Belo Horizonte e região. Serão apresentados filmes que se interconectam em espaços reais e virtuais, que migram das ruas às telas do cinema, das redes sociais para a sala escura, das periferias ao centro da metrópole, do ambiente de convivência de mulheres, negros e negras, comunidades tradicionais e realizadoras e realizadores LGBTQI+ para encontrarem um público amplo.

A curadora da Mostra, a pesquisadora, produtora e ativista Paula Kimo, diz que, diferentemente das edições passadas, cujos destaques foram para os movimentos sociais, artísticos e políticos de Belo Horizonte e Região Metropolitana, a mostra deste ano quer apresentar algo do cotidiano, dos deslocamentos rotineiros e dos embates diários vividos pela população em sua relação com a cidade. Confira a programação completa aqui

SOBRE A MOSTRA CONTEMPORÂNEA DE CURTAS-METRAGENS
No Sesc Palladium serão exibidos 14 curtas-metragens nacionais que integra a Mostra Contemporânea, assinada pelo curador Pedro Maciel Guimarães, no total de 18 filmes de nove Estados (MG, GO, RJ, ES, CE, PE, SP, RS e DF). “Neste ano, temos curtas que reverberam posições estéticas da atualidade: como se posicionar criticamente face a acontecimentos do mundo contemporâneo; como ocupar o espaço urbano afetado por remoções compulsórias; como lidar com questões de autoafirmação; como retrabalhar códigos de gêneros em narrativas curtas”, destaca. Confira a programação completa aqui

SOBRE CINE SESC NA PRAÇA – 30/8 a 2/9
A Praça Duque de Caxias foi o local onde a Mostra CineBH foi criada e teve sede no período de 2007 e 2011. Nela, foram realizadas exibições ao ar livre, na Praça, e também no antigo Cine Santa Tereza, hoje transformado no MIS – Museu da Imagem e do Som. Em 2018, situada em um dos bairros mais tradicionais de Belo Horizonte, a Praça volta a ser agraciada com shows, circo, teatro de rua e cinema ao ar livre com o Cine Sesc na Praça e com a segunda edição dos Clássicos na Praça. Serão exibidos quatro títulos da história do cinema que estão no imaginário nostálgico dos cinéfilos. Todos os filmes selecionados estão em ano comemorativo de seus lançamentos originais: O Submarino Amarelo (George Dunning, 1968); Superman – O Filme (Richard Donner, 1978); Os Embalos de Sábado à Noite (John Badham, 1978) e Corra que a Polícia Vem Aí! (David Zucker, 1988).
Além disso, o Sesc também apresentará Mauricio Tizumba e Tambor Mineiro, o grupo Trampulim com o espetáculo Uma surpresa para Benedita, Palhaço Sufoco, a Cia. Toda Deseo com o flash mob Embalos de Sábado à noite, Orquestra Atípica de Lhamas e o Grupo Circo do Sufoco com o espetáculo Quarteto Fantástico.
PROGRAMAÇÃO NO PALÁCIO DAS ARTES
O Sesc oferecerá uma programação artística no Palácio das Artes, composta pelos VJs Fabiano e Brahyan, o cantor e compositor Marcelo Veronez, a banda mineira Constantina, o grupo musical experimental, O Grivo, e apresentação do coletivo Família de Rua. Ao longo de algumas apresentações, haverá um bate-papo entre artista e público, mediado por Letícia Renna.

O SESC E O AUDIOVISUAL
O cinema é a arte de projetar, por meio de imagem, luz e som, os sonhos das pessoas. É uma arte que encanta, entretém e educa. Diz muito da cultura de um povo e de uma época. Por ser importante artefato cultural, o Sesc oferece ao público o acesso gratuito a filmes das mais variadas temáticas, épocas e gêneros, sendo curtas e longas-metragens.

Mas, como não basta dar acesso, o Sesc promove sessões acompanhadas de palestras, debates, cursos com críticos, com o intuito de aproximar o espectador de quem está por trás das câmeras, além de contribuir para o desenvolvimento do senso crítico e estético de seu público. Indo um pouco além, a instituição também fomenta a difusão da produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição, contribuindo para a promoção de artistas de todo o território nacional.

Em Minas Gerais, o acesso ao cinema é realizado por meio do projeto Cine Sesc, um circuito de exibição presente em unidades distribuídas pelo estado. Nas unidades Sesc, a entrada é gratuita e ocorre mediante a apresentação da carteirinha Sesc atualizada. Na capital mineira, o Sesc Palladium oferece amplo acesso a todos os públicos.

Mostra Sesc de Cinema é um projeto do Departamento Nacional realizado em todos os estados do Brasil, em mais de 200 cidades. A Mostra, em sua segunda edição em 2018, foi criada com o objetivo de contribuir para o fomento e difusão da produção cinematográfica nacional, especialmente aquela que muitas vezes não chega ao circuito de exibição tradicional existente hoje. É também um espaço de lançamento, circulação e promoção de realizadores de todo o país, além de importante iniciativa de formação de público.

Mostra Sesc de Cinema, programa permanente de fomento ao audiovisual, já se revela como uma importante janela da produção audiovisual contemporânea nacional, garantindo o acesso à diversidade cultural de todas as regiões do Brasil.

Ampliando o cinema para o campo do audiovisual, a instituição desenvolve em suas unidades mineiras um programa de formação de curta e longa duração por meio de cursos, oficinas e atividades arte-educativas. O Curso de Iniciação ao Audiovisual está presente em quatro cidades do estado: Governador Valadares, Juiz de Fora, Pouso Alegre e Santos Dumont.

Promover o acesso à arte é uma iniciativa educativa e cultural, mas também cidadã, pois os bens culturais são patrimônios da humanidade. A arte é um dos mais belos veículos para transportar cultura, educação e a possibilidade de desenvolvimento pessoal e social. É essa convicção que, constantemente, estimula o Sesc em Minas a desenvolver projetos e parcerias relevantes com o objetivo de difusão, formação, preservação e fomento à nossa identidade e diversidade cultural.

Programação do Sesc na 12ª Mostra CineBH

Data: 29 de agosto a 2 de setembro
Locais: Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420, Centro, Belo Horizonte - MG), Praça Duque de Caxias no Santa Tereza e Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1537, Centro, Belo Horizonte - MG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário