sexta-feira, 27 de julho de 2018

Festival de Forró Mineiro Rootstock recebe prêmio em cerimônia Troféu Gonzagão

Festival Rootstock recebeu homenagem no evento
Foto: Divulgação
Realizado na cidade de Campina Grande a décima edição do Troféu Gonzagão. Considerado o "Oscar da Música Nordestina" e Patrimônio Imaterial de Campina Grande o prêmio nasceu numa clínica de dois apaixonados por forró, Dr. Ajalmar Maia e Dra. Rilávia Cardoso. O papel desempenhado pelo troféu traz características fundamentais para o fortalecimento do gênero – memória, reconhecimento, integração, talentos veteranos e emergentes, além do glamour.
Com grande orgulho Minas Gerais foi representada através do Festival de Forró Rootstock que acontece na capital mineira no mês de novembro na Serraria Souza Pinto, homenageado como melhor festival de forró pé de serra do Brasil.
Seus organizadores Ivan Dias e Frederico Zanforlin estiveram presentes na premiação o qual ficaram muito emocionados com o convite. Participaram da festa grandes nomes do ritmo nordestino como Elba Ramalho, Mestrinho, Flávio José, Trio Nordestino.
O organizador  Frederico Zanforlin atua como produtor e DJ especializado em forró pé de serra há mais de dez anos em Belo Horizonte é responsável pela cena mineira nas principais casas de forrós da cidade.
Já Ivan Dias paulista atua como produtor cultural e DJ tem uma ampla carreira no meio musical o qual ministrou palestras  no  exterior  sobre  a  história  do  forró,  seus principais artistas e o seu desenvolvimento desde a década de 1940 até  os dias  de  hoje.  Participou de  mesas redondas na  Universidade Estadual da Paraíba, nos SESCs e no CTN (em São Paulo  –  SP)  nas quais o tema foi Forró e mídia digital.
Escreveu,  em  2017,  em  parceria  com  o músico  e  pesquisador  Sandrinho  Dupan,  de Campina Grande  –  PB,  a cartilha:  “O que é o Forró?”, Editora Latus, com o apoio da  UEPB, Universidade Estadual da Paraíba,  dedicada a reunir e  difundir  as  informações  básicas sobre  o  forró,  falando  de  história,  música, dança e de seus principais artistas.
Para um gênero que alguns acreditam ter ficado no passado, considerando o sucesso que o forró está fazendo na Europa e na América, tendo um evento que o consolida pela imensa família musical que a fortalece, considerando que contra os fatos, não há argumentos, o forró segue uma estrada alicerçada na dignidade de quem tem compromisso com a sua cultura, mostrando que a moda determina o momento, mas é a permanência quem determina a continuidade.
Nos últimos 11 anos, as edições do Festival Rootstock tiveram em média 1500 pessoas, 20 atrações, em três dias de festa.  O evento é realizado anualmente desde 2002, tornou-se um ponto de encontro para os ‘forrozeiros’ vindos de diversos estados brasileiros e também do exterior, principalmente da Europa. Sendo que em 2017 o público do festival foi de 4 mil pessoas por dia.
Neste ano o Festival Rootstock 2018 acontecerá nos dias 15 de novembro á 18 de novembro na Serraria Souza Pinto em Belo Horizonte com grandes nomes da música nordestina brasileira como Alceu Valença, Chama Chuva, Mestrinho e muito outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário