quarta-feira, 30 de maio de 2018

Araujo participa da “Campanha sem Tabagismo”

Em parceria com a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) todas as 180 lojas da Rede Araujo participarão da campanha com atendimento farmacêutico gratuito

No período de 28 de maio (segunda-feira) a 1º de junho (sexta-feira) todas as 180 lojas da Rede Araujo participarão da “Campanha sem Tabagismo”, em parceria com a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma). O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável no mundo. A organização estima que um terço da população mundial adulta, cerca de 2 bilhões de pessoas, sejam fumantes. Pesquisas comprovam que aproximadamente 47% de toda a população masculina mundial e 12% da feminina fumam. Dados da OMS mostram ainda que mais da metade dos fumantes tentam parar de fumar a cada 12 meses, mas apenas 8,8% procuram tratamento ou um profissional da saúde para isso.

A principal opção terapêutica para superação do vício é a terapia de reposição de nicotina, que são medicamentos isentos de prescrição médica. Mas, apenas medicamentos é pouco. É preciso dar suporte, aconselhamento e acompanhamento ao paciente durante meses após a interrupção do cigarro. Nesse caso, as pessoas poderão contar com todo o apoio da Araujo e de seus farmacêuticos treinados para dar esse apoio, de forma gratuita.

Atendimento Farmacêutico
O trabalho do farmacêutico pode fazer toda diferença para o sucesso desse tratamento juntamente com a vontade individual da pessoa em mudar. Num primeiro momento será realizado um questionário para identificar o nível de dependência química do indivíduo. A partir dessa análise preliminar será realizado o acompanhamento farmacêutico, que deve durar de 3 a 6 meses, caso a pessoa não necessite de medicamentos prescritos. Caso exista essa necessidade, explica o farmacêutico da Araujo, Fabiano Queiroz, o paciente será encaminhado ao serviço médico.

Aconselhamentos, produtos que não fazem uso de receita médica, gomas e adesivos, por exemplo, serão alguns dos mecanismos usados para ajudar os interessados a se livrar do fumo. Além disso, o programa aborda o nível de dependência e mostra os motivos pelo qual a pessoa precisa lutar para se libertar do vício. “Mostraremos que parar de fumar é a coisa mais importante que a pessoa pode fazer por sua saúde, e apesar de ser difícil, estamos dispostos a ajudar”, afirma o farmacêutico. A expectativa é que cada loja possa atender em média cerca de 200 pessoas.

Campanha sem Tabagismo
Período: de 28 de maio a 1 de junho
Campanha válida para todas as lojas da Araujo

Nenhum comentário:

Postar um comentário