terça-feira, 16 de maio de 2017

Carpinejar Apresenta Espetáculo Teatral “O Amor não é para os Fracos”, no Teatro Bradesco

Autor faz apresentação em Belo Horizonte no mês de junho
Foto: Rodrigo Rocha
Para celebrar o Dia dos Namorados, o Teatro Bradesco recebe o poeta multimídia Fabrício  Carpinejar com seu  espetáculo “O amor não é para os fracos”. No palco, o escritor que estreia no formato stand-up, disseca os relacionamentos amorosos contemporâneos com doses de provocação e muito humor.
A direção e o texto são de Carpinejar, que aborda desde o namoro até a separação. Da reconciliação à loucura. Como se manter casado com excessiva visibilidade? 
É preciso ser fiel e leal na vida real e na virtual: não é uma tarefa para os fracos. Como a mulher pensa, como ela deseja, por que ela cura sua depressão comprando sapatos? Por que o homem não consegue manter dois assuntos ao mesmo tempo? Por que ele se sente o centro do mundo e tem uma grande dificuldade de ouvir uma história sem se enxergar como o problema ou a solução? De onde vem o excessivo medo de broxar da ala masculina? A única apresentação será no dia 10 de junho, sábado, às 20h, no Teatro Bradesco (Rua da Bahia, 2244, Lourdes).  
Sobre Fabrício Carpinejar 
Nasceu em Caxias do Sul (RS) em 1972. É poeta, cronista, jornalista e professor, autor de mais de trinta obras na literatura, entre livros de poesia, crônicas, reportagem e infantojuvenis. Atua como comentarista do programa “Encontro com Fátima Bernardes” (Globo), apresentador da Rádio Farroupilha (RBS), colunista do jornal Zero Hora e de blog no jornal O Globo. Já participou como palestrante de todas as grandes feiras e festivais literários do país, como a Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo e a Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP). Entre outros prêmios, ganhou: o 54o Prêmio Jabuti (2012) com o livro Votupira (SM Edições) e o 51o Prêmio Jabuti (2009) com o livro Canalha! (Bertrand Brasil); o Erico Verissimo (2006), pelo conjunto da obra; o Olavo Bilac (2003), da Academia Brasileira de Letras; o Cecília Meireles (2002), da União Brasileira de Escritores (UBE); quatro vezes o Açorianos de Literatura (2001, 2002, 2010 e 2012). Ativo nas redes sociais, foi escolhido pela revista Época como uma das 27 personalidades mais influentes na internet. Seu blog já recebeu mais de três milhões de visitantes. Seu perfil no Twitter ultrapassou os 300 mil seguidores. Sua página do Facebook recebeu mais de 480 mil “likes” e seu Instagram 110 mil seguidores. 
Fabrício Carpinejar em: “O amor não é para os fracos”
Texto, direção e atuação: Fabrício Carpinejar
Duração: 115 minutos       Classificação: 16 anos
Data/Horário: 10 de junho, sábado, às 20h
Local: Teatro Bradesco - Rua da Bahia, 2244, Lourdes/BH
Ingressos: R$ 60,00 inteira - R$ 30,00 (meia) 
Vendas na bilheteria do teatro e www.compreingressos.com
Informações: (31) 35161360
Bilheteria funcionamento: de 2ª a 6ª das 12horas às 20Horas ׀ Sábados e Domingos das 12Horas às 19Horas / Lotação do teatro: 602 lugares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário