quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Carlos Nunes volta ao cartaz com o espetáculo sucesso de público e crítica Pérolas do Tejo

Foto: Divulgação

Assistida por milhares de pessoas em todo o país, Pérolas do Tejo é uma comédia que narra histórias pessoais, principalmente da família do ator Carlos Nunes, da cidade do Serro, no interior de Minas. Na montagem, o humorista mescla histórias populares, casos e piadas com base em personagens reais, como suas tias Carmelita, Neneca e Piquitita, seu tio Juvenal, sua irmã e seu primo Antônio Júnior. Divertir é o principal objetivo do espetáculo. “Já está provado cientificamente que rir é melhor que remédio” garante o ator Carlos Nunes.

Há quatro anos fora de cena “Pérolas do Tejo” volta a pedido do público, que diariamente solicita por mensagens virtuais e por telefone a volta do espetáculo ao ator. “Todos os dias as pessoas me mandam um scrap ou me param na rua perguntando sobre a volta do espetáculo para que possam rever e levar amigos e familiares”, conta Nunes.

Escrita em parceria com o jornalista Jorge Fernando dos Santos, "Pérolas do Tejo" é um dos trabalhos mais marcantes de Carlos Nunes. Natural de Serro, cidade do interior de Minas, próximo à Diamantina, Carlos Nunes praticamente nasceu artista. Com dois meses de vida encenou sua primeira peça como menino Jesus no presépio vivo de sua cidade. Ainda muito novo, aos oito anos de idade, se mudou para Belo Horizonte, local onde se profissionalizou como artista. "O teatro é a minha vida e a minha paixão, desde que me entendo por gente já sentia essa atração por ele", conta.

Há 13 anos apresenta e produz o espetáculo “Como Sobreviver em Festas e Recepções com Buffet Escasso”; atua também no seu mais recente texto “Comi uma Galinha e tô pagando o Pato”; atuou e produziu “O Noviço”; atuou e dirigiu “Lá a Vida é uma Comédia”; atuou em “A Comédia dos Sexos” e “Um Caso de Bastante Gravidez”. Dirigiu “O Conto Do Vigário”, “A Rainha Alérgica”, “Deu Charivarí no Chalé”, “Os homens querem casar e as mulheres querem sexo”, “O Rei Careca” e a “Turma da Comédia”.

Na TV atuou na Globo em diversas participações nos programas “Minha Nada Mole Vida”, “A diarista”, “Zorra Total” , Flora encantada - Angel Mix, “Sai de Baixo” e como contratado nos programas “Nosso Povo Brasileiro” – do MGTV 1º edição e “Álbum de figurinhas”, do Globo Esporte. No SBT atuou como contratado no programa “Ô coitado”.

Recebeu os prêmios: 4º Prêmio USIMINAS/SINPARC de maior público; V Prêmio SESC-SATED/MG, para Artes Cênicas - Melhor comediante/humorista; Teatro Alterosa, Mensão honrosa pelo maior número de apresentações e maior público; III Prêmio SESC- SATED/MG, para Artes Cênicas - Melhor comediante/humorista; I Prêmio Multishow do Bom Humor Brasileiro; I Prêmio SESC-SATED/MG, para Artes Cênicas – melhor comediante/humorista e Prêmio Cauê para Artes Cênicas - melhor coadjuvante.


FICHA TÉCNICA

Produção, direção e em cena: Carlos Nunes
Texto: Carlos Nunes e Jorge Fernando dos Santos
Produção Executiva: Copas Produções Artísticas
Cenário: ID3
Iluminação: Yuri Simon
Figurino: Nazir Milaheb
Trilha sonora: Rubinho do Vale
Fotografia: Gláucia Rodrigues
Classificação: 14 anos
Duração: 75 min


TEMPORADA

25, 26 e 27 de outubro de 2012

Sexta e sábado, 21h e Domingo, 19h.

Teatro Alterosa

Av. Assis Chateaubriand, 499 - Floresta- Belo Horizonyr

Ingressos na portaria R$ 30 (inteira) – R$ 15 (meia)

Ingressos a preços populares do posto do Sinparc – R$ 15

Nenhum comentário:

Postar um comentário