quinta-feira, 25 de junho de 2009

O mundo perde Michael Jackson



Texto e desenho: Ricardo Bello

Nos últimos anos, um cantor que dançava e "andava para trás" chamou atenção da mídia no mundo inteiro. Ele fez coisas inimagináveis: se vestiu de palhaço com o ex-Beatle Paul McCartney, dançou com monstros, morou na " terra do nunca", atravessou o fogo sem se queimar, se transformou em pantera, cantou com Freddie Mercury, gravou clipe em uma favela no Rio de Janeiro e no Pelourinho, mudou a cor da pele, conquistou gerações e gerações com sua música e talento.

Nesta quinta-feira (24), o mundo se despede do ídolo pop Michael Jackson, aos 50 anos. O artista teve uma parada cardíaca, foi levado às pressas para o hospital em Los Angeles, mas não resistiu.

Segundo a rede de TV CNN, Randy Jackson, irmão do cantor, disse que ele sofreu "um colapso em sua casa". Familiares do músico foram chamados ao hospital.

Uma nota publicada no site do "LA Times" diz que o oficial Steve Ruda teria afirmado que Jackson já não estava respirando quando os paramédicos chegaram à sua casa. Eles realizaram então uma reanimação cardiopulmonar no local antes de conduzir o astro pop para o hospital.

Fãs do cantor estão inconsoláveis com a notícia repentina. Informações sobre o funeral ainda não foram oficialmente divulgadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário