quinta-feira, 24 de maio de 2018

Sesc Palladium recebe o ‘II Fórum Políticas Culturais em Debate’

O Sesc, integrado ao Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, e a Embaixada da França no Brasil, apresentam nos dias 5, 6 e 7 de junho o II Fórum Políticas Culturais em Debate. O encontro dá sequência à parceria iniciada em 2017, tendo como foco a discussão e reflexão sobre políticas culturais no âmbito da cooperação internacional entre Brasil e França.

Neste ano, o encontro terá como eixo central o tema Direitos Culturais propondo debates entre profissionais do setor cultural e especialistas brasileiros e estrangeiros. A programação será realizada no Sesc Palladium e, por dia, serão disponibilizadas 100 vagas para o público. O credenciamento será realizado por dia, a partir de uma hora e meia antes do início da programação, por ordem de chegada. Os espaços estão sujeitos a lotação. 

Com o Fórum, o Sesc em Minas dá prosseguimento à reflexão das políticas culturais, ao diálogo internacional e à troca de práticas, saberes e competências sobre a cultura, envolvendo o setor cultural e todos os interessados no assunto. Para o diretor regional do Sesc em Minas, Luciano de Assis Fagundes, “realizar o II Fórum de Políticas Culturais é uma oportunidade para o Sesc participar de importantes e contemporâneas reflexões sobre a cultura no mundo, além de proporcionar ao trabalhador acesso a agentes culturais da cena nacional e internacional, de forma a ampliar e aperfeiçoar a sua prática cultural”.     

Segundo Jean-Pascal Quiles, Adido Cultural da Embaixada da França, “a questão dos direitos culturais é essencial e, está hoje, no cerne das políticas culturais na França por meio de lei e será, a partir de então, o princípio organizador da cooperação França-Brasil”.

A partir do tema central, alguns desdobramentos vão compor os quatro debates previstos para o evento, são eles:

Direitos culturais e direitos humanos: uma genealogia – O tema será apresentado em sua dimensão histórica, com as principais questões e problematizações que o envolvem;

Patrimônio cultural: memória, invenção e participação – Os direitos culturais abordados sob a perspectiva do patrimônio cultural e a construção identitária individual e coletiva; o direito à memória e à invenção;

-  A cidade e os territórios como espaços de cooperação cultural – A cidade como o local dos Direitos Culturais, para a implementação de iniciativas e projetos no âmbito local;

Identidades e seus fluxos migratórios – Reflexão sobre os desdobramentos da crise migratória para o campo dos direitos culturais.

Será realizado ainda um painel com importantes instituições do Brasil e da França que falarão sobre suas experiências nas práticas culturais correlatas ao tema do Fórum: a Fundação Casa de Rui Barbosa, sediada no Rio de Janeiro, tem como finalidade o desenvolvimento da cultura, da pesquisa e do ensino, além da divulgação e preservação da obra e vida de Rui Barbosa; o Fórum Brasileiro pelos Direitos Culturais, que reúne mais de 120 instituições de gestão cultural de todas as regiões do país; e a Secretaria Geral do Ministério da Cultura da França, em que a Chefe do Serviço de Coordenação das Políticas Culturais e da Inovação, Maryline Laplace, falará sobre a ação deste Ministério em prol de uma ampliação da participação dos moradores na vida cultural francesa.

Em relação à metodologia escolhida para o Fórum serão realizadas Mesas de Debates com especialistas e participação direta do público; o Laboratório de Ideias, espaço em que os participantes poderão exercitar as relações entre os debates conceituais ocorridos e sua repercussão em situações concretas e cotidianas por eles vivenciadas e, por fim, as Rodas de Conversa, espaço destinado à troca de ideias em busca de sínteses e costuras sobre o que foi discutido nos debates.

Confira abaixo o cronograma do evento:

5/6 (terça-feira)
13h | Credenciamento
14h30 às 15h30| Abertura oficial com apresentação da Orquestra de Câmara Sesc | Local:Teatro de Bolso e Cinema (transmissão simultânea)
15h30 às 18h30 | Debate 1: Direitos culturais e direitos humanos: uma genealogia | Debatedores: Jean-Pierre Saez (FRA) e Teixeira Coelho (SP) | Mediadora: Giuliana Kauark (BA) |Local: Teatro de Bolso e Cinema (transmissão simultânea)
18h30 às 19h | Coffee break | Local: Mezanino
19h às 22h | Debate 2: Patrimônio cultural: memória, invenção e participação | Debatedores:Cêça Guimaraens (RJ) e Leonardo Barci Castriota (MG) Mediador: Flávio de Lemos Carsalade (MG) | Local: Teatro de Bolso e Cinema (transmissão simultânea)

6/6 (quarta-feira)
13h | Credenciamento
14h às 16h | Painel: Secretaria Geral do Ministério da Cultura da França, Maryline Laplace (FRA); Fundação Casa de Rui Barbosa, Alexandre Domingues (RJ) e Fórum Brasileiro pelos Direitos Culturais, Maria Ignez Mantovani Franco (SP)
Local: Teatro de Bolso e Cinema (transmissão simultânea)
16h às 19h | Debate 3: A cidade e os territórios como espaços de cooperação cultural |Debatedores: Sylvie Robert (FRA) e Washington Fajardo (RJ) | Mediador: Altamiro Sérgio Mol Bessa (MG)
19h às 19h30 | Coffee break Local: Mezanino
19h30 às 22h | Debate 4: Identidades e seus fluxos migratórios | Debatedores: Félix Kaputu (RDC) e Daniel Munduruku (PA) | Mediadora: Leda Maria Martins (MG) Local: Teatro de Bolso e Cinema (transmissão simultânea)

7/6 (quinta-feira)
13h | Credenciamento
13h30 às 15h30
Programação Simultânea:
Laboratório de Ideias (Mezanino) – Grupo A
Roda de Conversa (Teatro de Bolso) – Grupo B
15h30 às 16h Coffee break | Local: Mezanino e Teatro de Bolso
16h às 18h
Programação Simultânea:
Laboratório de Ideias (Mezanino) – Grupo B
Roda de Conversa (Teatro de Bolso) – Grupo A
18h às 19h | Encerramento dos trabalhos com apresentação do Coral Jovem Sesc | Local:Teatro de Bolso e Cinema (transmissão simultânea)
20h às 22h | Espetáculo de abertura do Palco Giratório: Concerto em Ri Maior, da Cia dos Palhaços (PR) | Local: Grande Teatro

II Fórum Políticas Culturais em Debate
Data: 5, 6 e 7 de junho de 2018
Local: Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420, e rua Rio de Janeiro, 1046, Centro)
Entrada: gratuita com credenciamento no dia do evento, uma hora e meia antes do início da programação, por ordem de chegada. Os espaços estão sujeitos a lotação.
Serão oferecidas 100 vagas abertas ao público.
Os debates contarão com tradução simultânea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário