sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Karina Libânio lança single e DVD no Palácio das Artes em BH

Artista apresenta show inédito com novas composições; show acontece no sábado, 15 de outubro, no Palácio das Artes

Cantora é uma das principais vozes da nova geração musical
Foto: Márcia Gazolla
A cantora Karina Libânio, já conhecida como uma das principais vozes da nova geração mineira, se prepara agora para dois momentos marcantes em sua carreira: o lançamento do single “Nua Face” e do DVD “Inteira”. A apresentação acontece no sábado, 15 de outubro, às 20h30, na Sala Juvenal Dias, no Palácio das Artes. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), incluindo o DVD, e podem ser adquiridos pelo site www.ingresso.com.

Com uma longa trajetória musical, na qual se destacam a participação no Conexão Telemig Celular em 2006 e a gravação ao vivo do DVD “Inteira”, no Teatro de Bolso do SESC Palladium em 2014, Karina Libânio vive agora uma nova fase, com o lançamento de “Nua Face”. A música, autoral, marca também o início da parceria com o marido, o cantor, compositor e violonista Léo Brasil.

No show  batizado com o mesmo nome do single, a cantora se apresenta ao lado de Marcílio Rosa, guitarrista, violonista e também produtor musical do single; e Ricardo Cheib nas percussões. Integram o repertório as canções “Inteira” (Karina Libânio e Alysson Salvador), “Navega em você” (Karina Libânio e Léo Brasil) e “Mirabolante” (Karina Libânio e Léo Brasil), além das releituras de “Minhas Bics”, de Céu, metalinguagem sobre a composição, e “Mistério do Planeta”, dos Novos Baianos Luiz Galvão e Moraes Moreira.

O figurino é assinado pela artista, em parceria com Cris Constantino e Heliana Lages. A direção geral (incluindo produção executiva e conceito de iluminação) também é de Karina, que confirma a fala histórica de Mário de Andrade: “artista não é quem toca um instrumento, artista é quem toca a vida”.

SOBRE A CANTORA

A cantora Karina Libânio tem 42 anos e nasceu em Belo Horizonte. Formada em Direito pela PUC Minas, começou com o seu “violão despretensioso” há 10 anos. Sua relação com a música sempre foi intuitiva; sinestésica como ela mesma define. “Mesmo tendo estudado violão, canto e percussão, a música me toca em algum lugar que não é intelectual”, confessa.

A dedicação à palavra é coisa recente. É perceptível uma pronúncia intencional, consciente e decidida, desde o DVD até o single, como se a artista tivesse descoberto que as palavras têm sabor único. Cada uma com o seu. “Minha primeira conexão com a música é como experiência auditiva mesmo. A palavra veio depois. Estou lapidando. Estou me entregando à palavra que cabe na letra da canção e tomando posse, de maneira inteira e definitiva, da palavra cantada”, revela.

VIVÊNCIAS

Esse momento na vida da artista foi desencadeado por duas vivências significativas. A primeira foi um trabalho que fez com o coach Daniel Ramos que praticamente a obrigou a enfrentar a produção do DVD “Inteira”. “Eu me lembro que fiz ligações do telefone do próprio consultório dele e saí de lá com um planejamento concreto. Daniel abriu minha cabeça e meu coração”, sorri.

A segunda foi com o francês Alain Vigneau, no curso intitulado “Clown Essencial”, que trabalha a “busca de si mesmo”, segundo informa o site do próprio artista na internet. “Saí desse curso permitindo que minha criança atue de forma livre para trazer a força da mulher que realiza”, reflete.

O resultado desses dois momentos é uma Karina mais dona de si mesma, de sua música e da autoralidade presente na sua interpretação. Uma artista posicionada entre o charme pop pioneiro de Marina e a elegância de Marisa Monte. O diferencial é que há na voz de Karina uma ginga sutil, que aparece em alguns momentos como um elemento surpresa, criando um jogo de prazer entre ela, a canção e o ouvinte.

DVD

A produção musical do DVD é do baixista Alexandre Mourão, o “Boi”, que toca na banda da cantora Marina Machado. No repertório, uma releitura de “Farewell love song”, dos mineiros Luiz Gabriel Lopes e César Lacerda, “Dance me to the end of love”, do consagrado canadense Leonard Cohen, e de “Mandolin”, do uruguaio Gustavo Pena, o saudoso multi-instrumentista apelidado de El Príncipe, morto em 2004.

Show “Nua Face” – Karina Libânio
Lançamento do single “Nua Face” e do DVD “Inteira”
Local: Sala Juvenal Dias | Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1537 - Centro - Belo Horizonte/MG)
Data: 15 de outubro
Horário: 20h30
Ingressos: R$ 30 (inteira) e 15 (meia) – com direito ao DVD

Nenhum comentário:

Postar um comentário