sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Pedro & Bruno lançam a música “Não me Ignore”

Após cantarem no palco do programa Domingo Legal, no SBT, dupla de pedreiros cantores foca na carreira artística

Dupla segue batalhando e conquistando fãs com os shows
Foto: Divulgação
A dupla Pedro & Bruno segue batalhando firme no objetivo de conquistar cada vez mais público. Os pedreiros cantores de Caeté lançam a música “Não me Ignore”, com a participação especial do cantor sertanejo Alex Marttins.

A composição de “Não me Ignore” é de Bruno. A letra foi escrita há 10 anos após uma desilusão amorosa do cantor. “Escrevi a canção após uma ex-namorada terminar comigo. Eu era novinho, tinha 14 anos, mas eu gostava demais daquela menina”, explica Bruno Santos.

Acostumados trabalhar diariamente na construção civil, Pedro como pedreiro e Bruno como servente, os cantores estão há mais de 10 anos construindo suas trajetórias com muito empenho. A história deles começou a mudar no ano passado, quando gravaram um vídeo com um celular pedindo uma oportunidade para se apresentarem na TV Alterosa/SBT Minas. Rangel Faúla, apresentador interino do programa TV Verdade na época, ficou sensibilizado com a história da dupla e decidiu ajudar. Além de abrir espaço para os artistas no programa, conseguiu também levantar alguns parceiros para a gravação de uma música em um estúdio profissional e também o trabalho de uma agência de assessoria de imprensa.

Rangel Faúla foi além e conseguiu fazer com que a produção do programa Domingo Legal se interessasse pela história dos pedreiros cantores. A equipe do SBT viajou de São Paulo para Caeté para gravar com os artistas. Pedro e Bruno foram convidados para “apenas” cantar no palco do Celso Portiolli, mas a emoção tomou conta dos rapazes.

Enquanto os mineiros cantavam a música “Mente pra mim”, eternizada por Cristiano Araújo, a dupla Matheus e Kauan entrou em cena e dividiu o palco e os vocais da canção com eles. Ainda durante a apresentação, Celso Portiolli surpreende os meninos ao presentear os artistas com dois violões. Quem segurava os instrumentos musicais era uma pessoa mais que especial na carreira da dupla, o Sr. Ronaldo Bonsucesso, pai de Bruno e cunhado de Pedro, que sempre os apoiou e falava para todos que ainda veria a dupla na televisão.

A repercussão da participação dos pedreiros cantores de Caeté no Domingo Legal foi grande e as redes sociais da dupla estão com um número cada vez maior de seguidores e admiradores do trabalho e história destes artistas.

História
A trajetória da dupla Pedro e Bruno começou em meados de 2005, quando Bruno, então com 13 anos, cantava sozinho, sempre incentivado pela família, principalmente por seu tio Pedro, que também cantava, só que baixinho e muito tímido. Pedro costumava cantarolar clássicos do sertanejo sem nenhuma pretensão, só por prazer. Até que Bruno começou a prestar a atenção no talento do tio. Foi aí que o sobrinho fez o convite para formar a dupla Pedro e Bruno.

Bruno Bonsucesso Santos Rocha, natural de Caeté, região metropolitana de Belo Horizonte, MG, possui 23 anos, mora com os pais, um irmão e a companheira, com quem tem um filho de nove meses.  Ajudante de pedreiro, atualmente sobrevive de pequenos trabalhos e se dedica à música nos momentos em que não está na obra.  Seu sonho, além de viver da música, é proporcionar uma vida melhor para a família e o que mais deseja no momento é poder realizar a festa de aniversário de um ano do filho. A situação financeira da família não é nada fácil, já que todos se mantêm com cerca de três salários mínimos.
Pedro Herculano Garcia, natural de Rio Vermelho, interior de Minas Gerais, 37 anos, casado há 13, possui dois filhos, um de oito e outro de nove anos de idade. Também sonha em proporcionar uma vida melhor para a família e se orgulha por ter construído sua própria casa em Caeté, com a ajuda do sogro, onde atualmente vive com a família.
Pedro e Bruno acordam todos os dias focados em realizar o sonho de viver de música e ajudar toda a família com os frutos da arte. Eles querem ser reconhecidos e levar as suas músicas para todos os cantos do país e mostrar que mesmo sendo de uma cidade pequena, com poucos recursos financeiros e pouca estrutura, eles podem alcançar o sucesso.



Nenhum comentário:

Postar um comentário