segunda-feira, 13 de junho de 2016

Lorena Chaves Apresenta Show em Belo Horizonte

Lorena está de volta com show na capital mineira
Foto: Divulgação
Três anos depois do lançamento do seu primeiro disco, Lorena Chaves volta ao palco do Teatro Bradesco, em Belo Horizonte, para apresentar seu novo trabalho, o álbum “Em cada canto”. Desta vez, ela reaparece exalando o seu amor pelo pop, desde o projeto gráfico do CD, até as letras e os arranjos das canções. “São músicas para extravasar, para aqueles momentos de curtir um jantar com os amigos, de dirigir na estrada com os vidros abertos. É um disco que fala sobre graça, amor e leveza! ”.

O processo de composição do disco não foi fácil. Após romper com uma grande gravadora para se sentir mais livre em suas criações, Lorena passou por um hiato criativo. “Amadureci muito neste tempo e, consequentemente, fiquei mais exigente para escrever e criar melodias. Já não era mais a Lorena de 2013, então, tive que me exercitar bastante. Foi difícil porque nada era aprovado por minha autocrítica. Escrevia trechos no bloco de notas no celular a todo instante, versos nos moleskines, nos papéis avulsos, nos guardanapos. E no fim, deu certo! ”.

Como resultado, Lorena traz para este novo álbum letras que expressam seu olhar sobre a vida, sobre o amor e sobre a gratidão. Tudo muito leve, fluido e sem rótulos. “Eu pensava demais para escrever. Estava compondo mais como uma jornalista do que cantora. Ficava naquela de me sentir obrigada a ter que falar sobre isto ou aquilo. Resolvi deixar fluir e acabei me deparando com um trabalho muito mais autêntico e honesto. Sem justificativas, sem peso, sem a responsabilidade de fazer todos entenderem a mesma coisa. Não pode ser assim. Nunca será assim. A arte não precisa ser justificada. Ela é porque é”, conta a compositora.

A artista, agora independente, participou de todo o processo de criação do seu novo trabalho, desde a composição das letras das nove faixas até os arranjos, a produção do show e o design gráfico do álbum. “No primeiro disco, eu cheguei para o produtor com todas as músicas prontas, já sabia o que queria em cada uma. Neste, não. Quis experimentar timbres e sons que não faziam parte do primeiro disco. Levamos a banda para o estúdio e construímos juntos. Foi um CD arranjado coletivamente. Foi um tempo incrível”.

Para captar recursos para a produção do disco, Lorena usou da plataforma de financiamento coletivo Kickante. Durante dois meses, colocaram à disposição alguns produtos e serviços, como a venda antecipada de ingressos para o lançamento, pockets shows, camisetas, canecas, jantares e convites para a passagem de som. “Só com o apoio das pessoas que curtem o meu som, conseguimos juntar metade do dinheiro para fazer o disco. Foi emocionante”.

As canções

“Um dia desses, estava voltando a pé para minha casa, com os cabelos molhados, em um calor insuportável. Enquanto caminhava, senti um vento agradável na nuca e fiquei pensando em como Deus pôde ser tão gracioso ao criar essas pequenas sensações. Parei ali mesmo para agradecê-lo por aquele momento. ‘Em cada canto’ foi a última música a entrar no disco. Ela fala sobre esses pequenos prazeres da vida, como o café coado na hora, dormir sem hora para acordar, cheiro gostoso da roupa de cama limpa, barulho de chuva, o cabelo molhado na nuca, a arte que nos deixa emocionados. A vida fica muito mais leve quando é vivida com gratidão”, conta.

‘Eu gosto da ideia de envelhecer com você, eu gosto de saber sobre o que pensa às vezes sem dizer’ são os versos principais da faixa “Envelhecer com Você”, baseada no livro “Amor de Redenção”, que conta a história de um homem que se apaixona por uma prostituta, no século XIX. “Eles se casam, mas ela não consegue entender o fato dele ter se apaixonado por ela e ter decido amá-la até o fim. Ele vai atrás e ela foge inúmeras vezes, pois não se acha digna daquele amor. É um romance incrível e mostra o que a perseverança no amor pode fazer na vida de quem decide amar o outro até o fim, custe o que custar. Infelizmente, muito diferente do que vemos hoje em dia, num mundo onde as pessoas são descartáveis, os valores estão cada vez mais distorcidos, onde vivem para seu bel¬-prazer e casamentos duradouros são raros de se encontrar”, explica Lorena.

Em “True Blue”, título inspirado no livro “Psicologia das Cores”, Lorena conta um pouco do porquê de um nome em inglês em uma música escrita em português: “O livro relata que existia, na idade média, um pigmento azul, chamado “azul ultramarino”. Esse azul era muito intenso e estável, por isso, era raro de se encontrar e extremamente caro. Era usado apenas na parte mais importante de cada pintura. Muitas vezes descobriam se um quadro era falsificado ou não pela simples falta dessa pigmentação especial. Mais tarde, o “azul ultramarino” foi também chamado de “True Blue”, um termo em inglês que também pode significar “fidelidade inquestionável”. Achei incrível essa expressão e fez muito sentido pra música”, conta.

O show

Para seguir a linha pop do novo disco, Lorena dispensou grandes cenários em seu show de lançamento. “Vamos brincar com as luzes e com as cores. O público vai se surpreender”, conta.

“Em cada canto” estreia no dia 30 de junho, às 21h, no Teatro Bradesco. Em agosto, a artista parte de turnê pelo Brasil, começando por Recife.

Lorena Chaves

Nascida em Belo Horizonte, a cantora e compositora Lorena Chaves completa sete anos de carreira. Após anos se apresentando para pequenos públicos, em bares e festas na capital mineira, viveu um momento especial de exposição de seu trabalho, ao participar do programa “Ídolos”, na Rede Record em 2008. Em 2009, foi convidada a compor e interpretar uma música para a novela “Escrito nas Estrelas”, da Rede Globo, dirigida por Rogério Gomes, o “Papinha”, que é um grande admirador de suas composições. “Nossa História” foi um sucesso, sendo escolhida como música-¬tema da novela, que embalava as cenas românticas das personagens de Carol Castro e Marcelo Faria. Desde então, Lorena manteve suas apresentações pelo Brasil, e também continuou compondo novas canções, sonhando com o dia em que entraria em estúdio para gravar o seu primeiro disco. Foi então que, em 2012, ela recebeu o convite para assinar contrato com a “Som Livre – Organizações Globo. Lançou o seu primeiro disco em abril de 2013. Sua primeira turnê passou por quase todo o território brasileiro. Em recente viagem aos Estados Unidos, Lorena teve a oportunidade de se apresentar para o público americano, em duas sessões cheias da energia brasileira.

FICHA TÉCNICA
Henrique Matheus ¬ Violões, Guitarras | Victor Magalhães ¬ Teclados, sintetizadores | Thiago Corrêa ¬ Baixos, violões, teclados | Igor Coelho – baterias Produção musical ¬ Thiago Corrêa | Direção artística ¬ Lorena Chaves | Gravado e mixado por Henrique Matheus no estudio Frango No Bafo no outono de 2016 | Masterizado por Bruno Corrêa | Projeto gráfico e identidade visual ¬ Thiago Thal *True blue gravada por Henrique Matheus no estúdio Frango No Bafo em 2015 Mixada por Jordan Macedo no Polo Studio Produzida por Lorena Chaves co¬produção ¬ Weslei Santos Lorena Chaves ¬ vozes | Felipe Fantoni ¬ baixo | Igor Coelho ¬ Bateria | Henrique Matheus ¬ Guitarra | Weslei Santos ¬ teclado e sintetizadores

Lorena Chaves: Em Cada Canto
Data: 30 de junho, quinta-feira
Horário: 21h
Classificação: livre
Ingressos: R$70,00 (Inteira) R$35,00 (Meia)
Horário de funcionamento da bilheteria: de segunda a sábado, das 12h às 20h; e domingo, das 12h às 19h. A bilheteria funciona até 30 minutos depois do início do espetáculo.
Formas de pagamento: dinheiro, todos os cartões de débito e crédito.


Nenhum comentário:

Postar um comentário