sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Antônio Loureiro Lança CD em BH

Loureiro lança segundo disco na capital mineira
Foto:Caio Palazzo
No dia 12 de março, quinta-feira, às 20h30, o compositor e multi-instrumentista Antonio Loureiro fará única apresentação no Teatro Bradesco (Rua Bahia, 2244 – Lourdes, em Belo Horizonte), do show de lançamento de seu segundo álbum solo intitulado “Só” (Borandá, 2012).

Depois de lançar o álbum no Uruguai, Japão, Nova Iorque, além de São Paulo e outras cidades do Brasil, o músico faz questão de registrar sua alegria e emoção com este show na capital mineira.  “O lugar mais especial pra mim é em BH, pois aqui aprendi toda a música que me inspira. É onde estão estes companheiros e velhos amigos que tocarão comigo: Rafael Martini, Frederico Heliodoro, Alexandre Andrés, Jonas Vitor, Joana Queiroz e Felipe Continentino", destaca Loureiro.

O álbum "Só" registra a liberdade de improviso numa criação musical que prescinde de rótulos classificatórios. Para Antonio, não há diferença entre canção e música instrumental ou entre o popular e o erudito. “Se me perguntam qual tipo de música eu faço, não tenho resposta para dar”, confessa Antônio.

“Só” é fruto da coleção das referências sonoras que acompanharam Loureiro nesses seus 28 anos de vida. Se determinado momento do disco faz lembrar o som progressivo das bandas Yes ou Genesis e, logo na sequência, surge um toque de jazz contemporâneo à la Brad Mehldau, ou então uma canção, no melhor estilo da tradição brasileira, não se trata de coincidência. A mistura foi intencional e serviu de mote não apenas para o processo de composição como para a produção do álbum.

“Eu fico muito intrigado com essa 'não-barreira' que podemos ouvir em trabalhos como os de Mario Laginha, André Mehmari, Egberto Gismonti ou Guillermo Klein. Num mesmo assunto estão contextualizados paisagem sonora, arranjo e letra”, explica Loureiro que, apesar de nascido em São Paulo, despontou entre os novos artistas da atual cena musical de Belo Horizonte, cidade onde foi criado.

Seu primeiro CD foi lançado em 2010 e levou o nome de simplesmente “Antonio Loureiro”. Conta com participações do pianista André Mehmari, do quinteto de clarinetes Sujeito a Guincho e dos cantores Marcelo Pretto e Fabiana Cozza, tendo revelado, de forma marcante, a faceta multi-instrumentista de Loureiro: nas faixas, ele se alterna entre piano, violão, vibrafone, marimba e, naturalmente, percussão.

O trabalho “Só” é marcado pelos instrumentos piano, baixo, vibrafone, bateria e vozes – e, na maior parte das gravações, é o próprio Loureiro quem responde por todos os instrumentos.

Outra característica importante desse novo álbum é a influência da cultura popular brasileira. Abrindo o disco, “Pelas águas” apresenta trechos da letra em tupi-guarani, com a sonoridade das palavras indígenas se misturando à melodia. “Boi”, por sua vez, tem a forte marcação rítmica inspirada no bumba-meu-boi do cantador Mestre Humberto de Maracanã - falecido há poucas semanas. O contorno regional também está na já citada “Cabe na minha Ciranda”, trazendo a poesia e a voz de Siba. A parceria deles é antiga: Loureiro é integrante da banda do artista pernambucano.

“Só” destaca-se ainda pelas participações especiais de Tatiana Parra (voz), Pedro Durães (programações eletrônicas), Frederico Heliodoro (baixo elétrico), Rafael Martini (acordeom e vozes), Trigo Santana (contrabaixo), Alexandre Andrés (flautas), Daniel Santiago (violão), Sérgio Krakowski (pandeiro) e dos argentinos Santiago Segret (bandoneon) e Andrés Beeuwsaert (piano).

No show do dia 12, no palco do Teatro Bradesco, estarão Antonio Loureiro (vibrafone, piano, teclado e voz), Rafael Martini (piano teclado e vocais), Felipe Continentino (bateria), Joana Queiroz (clarone, sax tenor e vocais), Jonas Vitor (sax tenor e sax alto) e Alexandre Andrés (flauta e vocais).

Além das músicas que compõem os dois Cds, “Só” e “Antonio Loureiro”, fazem parte do repertório algumas músicas que marcaram a carreira de Antonio Loureiro.

Este show faz parte de uma série de apresentações que Antonio Loureiro fará em BH, como parte integrante de um projeto aprovado na Lei Municipal de Incentivo à Cultura. No dia 27 de março ele se apresentará novamente no Espaço UNA de Cultura.

Show de lançamento do CD “Só” com Antonio Loureiro
Local: Teatro Bradesco (Rua da Bahia, 2244 – Lourdes)
Data: 12 de março – quinta-feira
Horário: 20h30
Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia)
Sócios do MTC tem 15% de desconto. Clientes e funcionários do Bradesco têm 25% de desconto. (até 60 ingressos).
Apoio: Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte
Outras informações: (31) 3516 1360

Nenhum comentário:

Postar um comentário