sexta-feira, 5 de setembro de 2014

“SLEEPING BEAUTY” - “A BELA ADORMECIDA” em BH

Espetáculo chega pela primeira vez no Brasil
Foto:M.Logvinov
RUSSIAN STATE BALLET faz duas apresentações no Sesc Palladium nos dias 12 e 13 de setembro e mostra o clássico dos clássicos: “A Bela Adormecida”

Nos dias 12 e 13 de setembro (sexta e sábado), às 21h, chega a Belo Horizonte uma das cias de ballet clássico mais importantes do mundo, a Russian State Ballet. A cia fará apresentações do belíssimo espetáculo "A BELA ADORMECIDA" no Teatro  do Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1046 – Centro). A produção local é da Artbhz Produtora de Espetáculos.

Depois do sucesso de 2013 com o Lago dos Cisnes, a Cia Russian State Ballet  mostra neste ano o grandioso Sleeping Beauty. Pela primeira vez no Brasil, as bailarinas Fukuda Shiori, do Japão, Spiller Elena, da Itália, e o solista do Bolshoi, Andrey Evdokimov, foram convidados para participar desta turnê brasileira com 30 apresentações previstas em diversos Estados. Um grande elenco de talentos composto por 40 bailarinos que vai encantar a todos os amantes da dança.
O diretor da programação, Augusto Stevanovich, garante que o Brasil verá pela primeira vez um espetáculo inesquecível pela beleza, que passa pelo vestuário, pela gigantesca cenografia 3D  e pelo elenco. São três toneladas entre vestuários deslumbrantes e cenografias. Os figurinos foram confeccionados pelos mesmos fabricantes do Bolshoi de Moscou exclusivamente para o Brasil.
As joias do Ballet Russo que encenarão “A Bela Adormecida” são compostas por uma seleção de bailarinos medalhistas em festivais de dança na Rússia. Solistas do Bolshoi, do Kirov e do teatro de Moscou foram convidados para compor o elenco de um dos espetáculos que mais exige técnica e esforço dos bailarinos. SLEEPING BEAUTY vem completo ao Brasil para mais uma grande programação da companhia. 
A iniciativa de trazer a Russian State Ballet ao Brasil foi do produtor brasileiro Augusto Stevanovich com apoio do ministro da cultura da Rússia, Sr. Vladimir Medinski. A sua intenção faz parte de uma campanha de popularizar o Ballet Russo em todo o Brasil. Com 33 anos de história, a companhia está sob a liderança do coreógrafo Viatcheslav Gordeev, seu criador, diretor artístico e diretor geral. Com seus quarenta solistas, a meta principal do Russian State Ballet é preservar a herança da coreografia russa e da Europa ocidental, paralelamente à busca de novas formas de dança.

Representante da união entre clássico e moderno, o Russian State Ballet é um dos grandes nomes do ballet mundial. A companhia surgiu do sonho de Irina Tichomirova, primeira bailarina do Bolshoi (a mais famosa companhia russa) e diretora da Sociedade Filarmônica de Moscou, em 1979. De lá para cá, astros dos principais grupos russos, como o Kirov, o Stanislavski e o Bolshoi, uniram-se à trupe.

Os 40 solistas da companhia são os responsáveis pelo encontro entre o erudito e o moderno. “Todos sabemos que o artista que recebe treinamento somente em dança contemporânea não pode bailar os clássicos. Quem é preparado em dança clássica pode assimilar qualquer outro tipo de linguagem. É muito útil que o bailarino se expresse de uma forma a outra”, explica o coreógrafo do Bolshoi, Viatcheslav Gordeev, que dirige a companhia. 
A concepção de um novo espetáculo leva de um a dois meses. Nesse período, a rotina de ensaios é árdua: pela manhã, os bailarinos ensaiam por uma hora e quinze minutos em média. Após ligeiro descanso, são cinco horas de treinos sem parar. Em dias de apresentação, ainda há um período de relaxamento antes de fazer a maquiagem e vestir o figurino.

Sinopse
Num reino muito rico e feliz, nasce a princesa Aurora. Em seu batizado, seis fadas levam bênçãos e presentes. Mas, uma fada malvada que não é convidada para a festa, Carabosse, lança seu feitiço. A princesa, ao completar 15 anos, iria espetar seu dedo e morrer. Surge a Fada Lilás, protetora de Aurora, que determina: “a princesa cairá em sono profundo até que seja despertada com o beijo de um príncipe”. Por isso, Aurora cresce cercada de cuidados. Na festa de 15 anos, seus pais lhe prepararam uma grande festa, e convidaram novamente todos os habitantes do reino, com exceção de Carabosse, expulsa do reino.
A fada malvada se disfarça, vai à festa e presenteia Aurora com um objeto que nunca viu. Curiosa, ela espeta seu dedo e desfalece. 100 anos se passam, e no reino vizinho, um jovem príncipe sonha com a Fada Lilás e a bela princesa adormecida. Guiado pela fada, o príncipe enfrenta todas as dificuldades até encontrar Aurora. Com um beijo, a princesa desperta do sono profundo. Uma grande festa de casamento é celebrada.

Espetáculo: A Bela Adormecida com a Cia. Russian State Ballet
Dias: 12 e 13 setembro (sexta e sábado) às 21h
Local: Grande Teatro Sesc Palladium – Rua Rio de Janeiro, 1046   - Centro
Ingressos à venda na bilheteria do teatro a partir de R$ 60,00
Classificação: livre
Duração: 2 horas com um intervalo de 15 minutos
Informações: (31) 3270 8100  -  www.artbhz.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário