sexta-feira, 12 de abril de 2013

Rockasamento

Neste domingo, dia 14 de abril, um encontro de bandas vai agitar a Casa Cultural Matriz (Rua dos Guajajaras, 1353 – Santo Agostinho- Belo Horizonte), a partir das 14 horas. É o Rockasamento que vai reunir as bandas Curved, Lise com participação da Filit, Possuídos, Kingsizebox, The Hell's Kitchen Project, Topsyturvy, Quase Coadjuvante e Monograma. No comando das pick ups os DJs Ctrl Z, Malibu, Roger Deff e Tinhoso prometem não deixar ninguém parado com um line-up especialmente elaborado com muito rock and roll.

O evento marca o casamento de Juliano Jubão (guitarrista da banda Curved) e a Designer de Moda Mariana Barbosa.

Bandas convidadas

A Curved é uma banda de rock, formada em Itabira-MG em meados de 2004. O grupo desenvolve um trabalho de músicas autoral com claras influências alternativas. O nome é uma referência ao “Anjo Torto” do poeta itabirano Carlos Drummond de Andrade, citado no Poema das Sete Faces, sendo inicialmente The Curved Angel. Em seus shows, a banda apresenta uma explosão de energia regida pelo lema pular, gritar, suar e sangrar.

A Lise é o projeto solo do músico Daniel Nunes, no qual alia música e vídeo. São composições que absorvem a música contemporânea, eletrônica e ambiente. Partindo de temas instrumentais e experimentação de novas sonoridades, a Lise interage com imagens e cria diálogos simultâneos entre linguagens. Para esse show, a Lise convida a Filit, banda de rock alternativo que encerrou suas atividades em meados de 2002 e que faz um retorno especialmente para este evento.


A banda Possuídos surgiu há nove anos, quando cinco amigos que se conheceram nas cadeiras de um cursinho pré-vestibular de Belo Horizonte e se juntaram para tocar. Após diversos nomes, desencontros e formações, retornaram em 2004 com mais dois outros grandes amigos iniciando o Possuídos: um projeto que, com influências sonoras das mais inusitadas, converge para o Hardcore Oldschool ora bruto e seco, ora com alguns toques melódicos, caracterizado pela imprevisibilidade nos show, nas composições e nas performances.
Com uma trajetória longa e complicada , após várias formações , músicas e estilos diferentes , a banda Kingsizebox finalmente ganhou forma com entrada do seu atual baixista Xan Nagazawa, que se juntou na gravação do primeiro EP independente. O Kingsizebox oscila entre o rock agressivo, melancólico, psicodélico e o grunge.

O power trio belo-horizontino The Hell's Kitchen Project, criado no final de 2006, tem como diferencial a ausência de guitarras, criando um som único proveniente das levadas criativas do contrabaixo de Fernando Craviée, da conduta hostil da bateria de Leo Braca e da versatilidade do vocal de Jon. Tudo isso agregado ao mix do bom e velho rock n’ roll com o eletrônico moderno. Suas letras têm como tema o estresse no trabalho e os problemas nos relacionamentos, ambos abordados de maneira bem humorada e inteligente. A banda canta suas músicas em inglês, abordando o universo íntimo, particular e libertino do ser humano, criando uma experiência na qual o som sincronizado se transforma, resultando em explosão e particularidade.

O Topsyturvy é um grupo de Mogi das Cruzes, formada em abril de 2009. Alexandre (voz e guitarra) e André (guitarra, ambos do extinto Mentecapto) se juntaram a Guilherme (baixo, ex-Motocontínuo) e planejaram fazer algo que fosse muito diferente em termos de inovação em relação às bandas das quais faziam parte. O baterista Gustavo entra então na banda completando a formação pronta pra começar. O som é algo bem difícil de rotular. É rock com uma pegada de ritmos latinos, com toques progressivos, um pouco de stoner, compassos complexos e estranhezas em geral, tudo com bastante agressividade. Pode-se dizer que o Topsyturvy nasce da indignação dos músicos pela atual cena rocker nacional.

A Quase Coadjuvante é formada por Jonathan Tadeu (voz e guitarra), Filipe Monteiro (bateria), Marcelo Luiz (baixo) e Tiago Gomes (guitarra) e iniciou suas atividades em 2009. No mesmo ano eles lançaram o EP “Tributo ao que está por vir”. Três anos depois a Quase Coadjuvante retorna com o seu primeiro álbum cheio, “Cartas para a próxima estação”. O trabalho apresenta uma banda nitidamente mais coesa e madura, com dez canções que relatam as desilusões, vícios e ansiedades de personagens em constante adaptação, em uma sonoridade que tem por base distorções, microfonias e melodias vocais suaves.

Aliando letras criativas com melodias delicadas desde 2006, a banda belo-horizontina Monograma apresenta uma sonoridade recheada de influências que vão do Clube da Esquina ao rock inglês. Composta por Guilherme Lopes (guitarra/voz), Leonardo Eugênio (baixo/voz), Ícaro Eugênio (guitarra) e Lucas Mortimer (bateria), o grupo tem uma atividade expressiva no cenário musical mineiro que vai além do som. Com dois discos lançados - “Conto do faz de conta” e “Da tempestade a calmaria” - a Monograma trabalha atualmente na produção de um álbum que buscará referências na atual cena independente de Belo Horizonte
.
Rockasamento
Dia: 14 de abril- Domingo, a partir das 14 horas
Local: Casa Cultural Matriz – Rua dos Guajajaras, 1353 – Santo Agostinho - Belo Horizonte
Entrada: R$20,00
Informações: (31) 3212-6122

Nenhum comentário:

Postar um comentário