domingo, 9 de setembro de 2012

Betim recebe o Chorando Jazz

Maria Bragança apresenta concerto no Museu Paulo Araújo Gontijo
 
No dia 15 de setembro (sábado), a partir das 11h, o Museu Paulo Araújo Gontijo (avenida Governador Valadares, 105, Centro), em Betim, sediará a próxima edição do Chorando Jazz. Com dois anos de existência e vários eventos realizados com muito sucesso, o projeto realiza concertos musicais em Minas Gerais e pelo Brasil em parceria com vários músicos, como Maria Teresa Madeira (piano), Cliff Korman (piano) e Omar Cavalheiro (contrabaixo) e a Big Band do Palácio das Artes. 
 
Em Betim, com entrada gratuita, o concerto será apresentado pelo quarteto composto por Maria Bragança, no saxofone, e músicos da nova geração de Minas Gerais: Igor Neves da Hora no piano; Fred Selva na percussão; e Samy Erik na guitarra. O grupo executa um programa que cria pontes entre a linguagem do clássico, popular e jazz, interpretando compositores brasileiros como, Pixinguinha, K-Ximbinho, Hermeto Pascoal, Egberto Gismonti e composições próprias.
 
Com realização da Artbuying, patrocínio da Fiat, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e apoio do Forno de Minas, o projeto Chorando Jazz propõe uma leitura contemporânea do gênero musical Choro, que sempre foi permeável à influência de outros estilos, com uma fusão transparente de registros musicais acontecidos simultaneamente na Europa, na África, nos guetos dos negros norte-americanos e nos terreiros de batuque do Brasil. Há também interpretações das composições de Maria Bragança e parceiros, que resulta em uma trilha musical que busca uma estética rara e audaciosa.
 
A entrada é gratuita. 


Chorando Jazz em Betim
Maria Bragança–Saxofone, Igor Neves da Hora–Piano, Samy Erick–Guitarra e Fred Selva - Percussão
Data: 15/09/12
Horário: 11h
Local: Museu Paulo Araújo Gontijo - Avenida Governador Valadares, 105 - Centro - Betim- MG
Realização: ARTBUYING
Incentivo: Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais – Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais - Governo de Minas Gerais
Patrocínio: Fiat
Apoio: Forno de Minas


Repertório
 
-  SEGURA ELE PIXINGUINHA
-  DONNA LEE  MILES DAVIS
-  BARRO OCO MARIA BRAGANCA
-  CIRANDA  MARIA BRAGANÇA
-  MELANCOLIAS E MELANCIAS  MARIA BRAGANÇA
-  CICLOS MARIA BRAGANCA
- FORRO BRASIL  HERMETO PASCOAL
- SAMBA E AMOR  CHICO BUARQUE DE HOLANDA
- CATITA   K-XIMBINHO
- KARATÊ  EBERTO GISMONTI

Sobre dos músicos
 
 
MARIA BRAGANÇA
Nasceu em Itabira Minas Gerais e realizou seus estudos acadêmicos no Brasil e na Alemanha. Seu estilo pessoal é uma mistura bem-sucedida de jazz brasileiro e europeu, música erudita, contemporânea e popular brasileira.
A saxofonista e compositora já protagonizou uma série de concertos internacionais, com destaque para os recitais que fez ao lado do pianista Roberto Szidon, na Academia de Música Sion, na Suíça, e na Robert Schumann Saal em Dusseldorf, Alemanha.
Desde 1995, com lançamento de seu segundo CD Barro-Oco, no mercado brasileiro, Maria Bragança vem conquistando um público seduzido pelas suas interpretações e composições no Brasil e na Europa. Ela domina como poucos seu instrumento e demonstra rara sensibilidade na transcrição de obras de Johann Sebastian Bach, Heitor Villa-Lobos, DariusMilhauld e Pixinguinha.
 
SAMY ERICK
Natural de Belo Horizonte MG. Iniciou seus estudos de violão na Escola de Música da UEMG, onde também concluiu o curso de Bacharelado em Violão Clássico. Atualmente tem trabalhado como violonista e guitarrista tendo tocado em importantes festivais como “Savassi Jazz Festival”,”Valadares Jazz Festival” ,”Festival Internacional de Corais”,” Festival de Inverno de Ouro Preto” entre outros em estilos variados como MPB, Música Instrumental, Jazz e Black Music.
 
FRED SELVA
Estudante de música, atividade à qual se dedica desde os 8. Na performance musical, atua como percussionista e vibrafonista, além de produzir arranjos e composições, principalmente no universo da música instrumental, sendo ela popular ou erudita. Cresceu em meio às artes cênicas, com as quais sempre teve muito interesse e admiração, a ponto de fazer alguns cursos de teatro e clown. Atualmente, cursa o 8º período do Bacharelado em Música com habilitação em Percussão na Escola de Música da UFMG, classe dos professores Fernando Rocha e André“Limão” Queiroz.
Dentre cursos, oficinas e workshops, já estudou percussão com os professores Fabio Oliveira (UFG), John Boudler (EUA/UNESP), Philippe Limoge e DamienPetitjean (França), Esdra“Neném” Ferreira, Naná Vasconcelos, Eduardo Gianesella (UNESP), Dedé Sampaio, Carlos Bolão, FlorentJordelet (França), entre outros.
 
IGOR NEVES DA HORA
Pianista, tecladista e arranjador,Igor Neves  estudado harmonia com o maestro Nestor lombida  e, atualmente, é aluno do professor CilffordKorman pela  escola de música da UFMG. Vem se apresentando em importantes circuitos da cena musical em Belo Horizonte, como o projeto “Aqui-ó jazz” e o Savassi festival.  Já atuou também ao lado do compositor e guitarrista Toninho Horta, onde dividiu palco com expoentes da música instrumental mineira como Beto Lopes, André“Limão” Queiroz, Esdras Ferreira “Neném” entre outros.
           
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário