quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Sábado É Dia de Samba na Capital Mineira


Foto: Divulgação

No sábado, dia 13 de novembro, o samba bate outra vez no Butiquim Santo Antônio (Rua Leopoldina, 415 - Santo Antônio). Como já virou tradição, um dos mais animados pontos de encontro da capital mineira vai promover nada menos que dois shows dedicados aos amantes do samba.

Às 16 horas, a banda Odilara não vai deixar ninguém parado com releituras de compositores já consagrados na música popular brasileira, além de algumas canções do primeiro álbum do quinteto. E às 22 horas, é a vez de Maguá (foto), representante da nova safra de sambistas belorizontinos. No repertório, grandes sucessos de artistas como Chico Buarque, João Bosco, Jorge Bem Jor, Vinícius de Moraes, Gilberto Gil, Seu Jorge, Paulinho da Viola, Djavan, João Gilberto, Tom Jobim, Toquinho, Caetano Veloso, Noel Rosa, Vander Lee, Adoniran Barbosa, Cartola e Gonzaguinha com arranjos de samba-malandro e samba-rock.

Os ingressos custam R$20,00 para o show do Odilara; e R$15,00, para a apresentação de Maguá. Outras informações podem ser obtidas no site www.butiquimsantoantonio.com.br e pelo telefone 3297 3846. Reservas através dos telefones (31) 3297- 3846 ou (31) 9678-7664.

Odilara

Fundado em março de 2006, o grupo Odilara vem chamando a atenção do público com sua forma peculiar de fazer samba e uma formação diferenciada (bateria, baixo, gaita, guitarra, violão nylon e três vozes).

O grupo composto pelos músicos por Andréa Furtini (vocal e gaita), Eurípedes Neto (violão nylon e voz), Gustavo Scarpa (baixo e voz), Marcelo Bontempo (guitarra) e Paulo Espinha (bateria), apresenta um show animado abrangendo, em sua maioria, releituras de compositores já consagrados da música popular brasileira além do crescente trabalho autoral.

O Odilara iniciou sua trajetória no projeto “Sambas de Holanda” - músicas de Chico Buarque e parceiros. Com o sucesso deste, resolveu ampliar seu repertório - pesquisando e rearranjando sambas de outros compositores - e seguir em frente. Atualmente, o grupo se apresenta nas principais casas de Belo Horizonte e em eventos da capital e do interior de Minas Gerais, se destacando pela presença de palco, escolha de repertório, qualidade e personalidade sonora.

Maguá

Nascido e criado na capital mineira, foram nas muitas rodas do Morro das Pedras, comunidade inserida em seu bairro, Nova Granada, que tomou gosto e aprendeu o feliz ofício de tocar o principal estilo brasileiro, o samba. E foi nesse Morro que também freqüentou alguns dos primeiros palcos de sua vida, participando do Arautos do Gueto, um dos mais expressivos projetos sociais e musicais da cidade.

Hoje apesar da breve carreira solo, iniciada em 2005, o jovem músico mostra maturidade e muito talento, com uma apresentação rica e variada ao lado de músicos nos sopros, cordas e percussão. Seu trabalho autoral abraça tudo que lhe dá na telha e sofre forte influência dos ritmos brasileiros. Uma mistura do samba e samba-rock carioca com a harmonia e a classe mineira.

No show, Gustavo Maguá estará acompanhado pelos músicos Rodrigo Carioca (bateria), Fred Jamaica (baixo), Leonardo Brasilino (trombone) e mostrará ao lado de suas canções, clássicos do samba (releituras de Chico Buarque, Geraldo Pereira, Riachão, Gordurinha) samba-rock (Bebeto, Marku Ribas) soul music nacional e até antigos afoxés da Bahia (Gerônimo, Gilberto Gil).

Butiquim Santo Antônio

Entre as ruas Leopoldina e Congonhas, no Bairro Santo Antônio, está instalado o Butiquim Santo Antônio, onde informalidade e descontração são normas da casa. As mesas em madeira rústica, a decoração bem humorada e o ambiente amplo e ventilado convidam para uma reunião de amigos, namoro ou bate-papo depois do trabalho.

Antiga residência do escritor Guimarães Rosa e ex-Bar do Lulu, o Bar Butiquim Santo Antônio foi reinaugurado em 2006 com nova repaginação mas continua um excelente ponto de encontro. Hoje, o ambiente está dividido em três níveis e comporta até 250 pessoas.

Dentre as principais atrações da casa estão grupos de samba e pop rock quinta a domingo. De segunda a quarta, o Butiquim Santo Antônio vai funcionar somente para eventos fechados. Os interessados em realizar sua festas e encontros empresariais podem entrar em contato através dos telefones (31) 3297- 3846 ou (31)9678- 7664.

Entre os destaques do cardápio do Butiquim Santo Antônio estão as batatas rösti, com recheios como carne seca, bacalhau, filé mignon e frango com catupiry. Opções mais tradicionais são a carne-de-sol grelhada, acompanhada por farinha, vinagrete e molho e o filé ao molho de gorgonzola com pãozinho fatiado. Para beber, cerveja, doze tipos de cachaça e caipifrutas, são algumas das opções.


Sábado de Samba no Butiquim Santo Antônio

Dia 13 de novembro

16 horas – Odilara - Ingressos: R$20,00

22 horas – Maguá - Ingressos: R$15,00

Classificação etária: 18 anos

Reservas: (31) 3297- 3846 e (31) 9678-7664.

Nenhum comentário:

Postar um comentário