segunda-feira, 22 de novembro de 2010

BH Recebe o Baile do Simonal na Sexta-feira


Foto: Rafael Kent

Muito gingado e suingue vão invadir o Lapa Multshow (Rua Álvares Maciel, 312 - Santa Efigênia) no dia 26 de novembro (sexta-feira), a partir das 22h, com O Baile do Simonal, apresentado pelos filhos Max de Castro e Wilson Simoninha. O show é mais que uma homenagem ao saudoso cantor e compositor Wilson Simonal. Trata-se de uma noite de muita alegria e balanço ao som de hits inesquecíveis gravados por ele em várias épocas: da Bossa Nova até os tempos da ‘pilantragem’. “O convidado especial é a música do Simonal e a calorosa participação do público. É uma festa, uma confraternização”, comenta Simoninha. A produção local é da Caixola Mkt, Mina Cultural e S de Samba.

Concebido e produzido por Max de Castro e Wilson Simoninha, o repertório do show é composto por sucessos gravados por Wilson Simonal nos anos 60 e começo dos 70. O set list inclui "Mustang Cor de Sangue", "Terezinha", "Na Galha do Cajueiro", "Meia Volta (Ana Cristina)", "Sá Marina", "País Tropical", "Nem Vem Que Não Tem", "Lobo Bobo", "Balanço Zona Sul", "Mamãe Passou Açúcar Em Mim", "Está Chegando A Hora", "Vesti Azul", "Carango", "A Tonga da Mironga do Kabuletê", "Que Maravilha", "Aqui É o País do Futebol", "Tributo a Martin Luther King", "Meu Limão, Meu Limoeiro", "Menininha do Portão" e "Zazueira".

Depois do lançamento do CD/DVD O Baile do Simonal, em novembro de 2009 pela EMI Music, Max e Simoninha seguiram com a festa para importantes palcos do país, honrando a camisa, o DNA e o talento do pai. Nos primeiros meses de 2010, o show O Baile do Simonal foi realizado no Rio de Janeiro (Morro Da Urca, Teatro Rival e Canecão) e em São Paulo (Citibank Hall, Virada Cultural e SESC Itaquera), com lotação esgotada. Nessas apresentações, os irmãos contaram com participações especiais de Sandra de Sá, Moinho, Ed Motta, Marcelo D2, Preta Gil, Jair Rodrigues e Mart'nália.

Para esta bem sucedida turnê, os músicos convocaram um time de primeira formado por Samuel Fraga (bateria), Robinho Tavares (baixo), Danilo Santana (piano), Marcio Forte (percussão), Josué dos Santos (sax-tenor), Will Boné (trombone), Daniel D'Alcântara (trompete).

A receita do Baile revelou-se infalível: não economizar no champignon com caviar – expressão que Wilson Simonal usava para definir o molho musical, os truques de dinâmica e as variações rítmicas usadas para deixar tudo mais saboroso e refinado.

“Tem sido uma imensa alegria desfrutar de tanta emoção, há um ano na estrada, com “O Baile do Simonal”. Muito bom também é poder ver que mesmo quarenta anos depois, as canções do Simonal continuam alegrando e emocionando os corações das pessoas da mesma forma. Eu sempre digo que essa é a chave do sucesso do show: não sou eu ou meu irmão nem a eventual participação de algum grande artista, mas, sim, a força da obra e a disposição da plateia para cantar e dançar – aliás quem faz o show são as pessoas”, diz Max.

Sobre Wilson Simonal

Músico, cantor, compositor e apresentador de televisão, Wilson Simonal tinha um poder de comunicação único. Ele foi um dos poucos artistas brasileiros a dividir o palco com grandes estrelas como, Sarah Vaughan e Stevie Wonder. Simonal lançou moda e encantou plateias com seu talento e carisma.


Show: O Baile do Simonal

Local: Lapa Multshow (Rua Álvares Maciel, 312 – Santa Efigênia)

Horário: 22h

Primeiro Lote: R$40,00 ( meia-entrada), R$80,00 (inteira)

Informações e Ingressos: Lapa Multshow (31) 3241-2074 e Ópera (Av Olegário Maciel, 1422 – Lourdes) (31) 2530-9015

Nenhum comentário:

Postar um comentário