terça-feira, 29 de setembro de 2009

Exclusivo


Por: Ricardo Bello

Ele é um dos mais versáteis atores brasileiros. Na TV, no teatro ou no cinema já divertiu e emocionou crianças e adultos com seus papéis. Conversamos com exclusividade com Ary França. Ele nos fala sobre a época em que trabalhou no programa de Gugu Liberato, estilos musicais, ser vegetariano e muito mais. Confira:

Revista de Cultura - Ary, antes de ser ator o que fazia?

Ary França - Era aeroviário. Trabalhava na Varig, na época, Varig - Cruzeiro. Atendia o telefone e fazia reservas. Aliás, também fui teletipista. Alguém tem idéia do que seja isso hoje em dia?

Revista de Cultura - Aconteceu alguma situação engraçada na época em que fazia as cenas para o programa do Gugu em shoppings?

Ary França - Aconteceram várias coisas...me lembro, particularmente, de quando entrei em um restaurante italiano com um prato de minhocas, testando a reação dos pobres clientes.

Revista de Cultura - Que tipo de música você gosta de ouvir?

Ary França - Gosto de muita coisa. Talvez não goste de pagode,Axé, Sertanejo. Mas, ultimamente adoro e sugiro o site radiotower.com, onde acesso rádios do mundo inteiro. Ando ouvindo muito nele "world music" e "Techno". Também adoro clássicos, Mozart, Bach...

Revista de Cultura - Você tem ídolos? Quem são?

Ary França - Tenho ídolos sim, embora não goste muito do termo. Acho que Gandhi, por ter conseguido libertar um país sem violência nenhuma. Mas, não acho que deva "idolatrar" nada.

Revista de Cultura - Prefere fazer comédia ou drama?

Ary França - Não sei... acho que ultimamente tenho dado preferência ao drama, mas estou fazendo uma comédia e ensaiando outra. Não gosto muito desse negócio de gêneros. Não sou cômico nem sério. Gosto de filmes e peças que ficam entre o riso e o choro. Não é assim a vida?

Revista de Cultura - Na sua família há outros artistas?

Ary França - Não. Venho de uma família sem talento nem interesse especial pela arte. meu pai não sabia nem assoviar.

Revista de Cultura - Se você não fosse ator que profissão seguiria?

Ary França - Artista plástico, escritor...

Revista de Cultura - Se fosse convidado para virar o novo Ministro da Cultura. Aceitaria? O que mudaria de imediato no país?

Ary França - Aceitaria. Não sei o que faria. Me poria a par do que precisa ser feito.

Revista de Cultura - É verdade que você é vegetariano?

Ary França - Sou "veg" faz oito anos. Nem coisas de couro compro. Sou radical nsse aspecto e não abro mão!

Revista de Cultura - O espaço é seu...mande um recado para os nossos leitores:

Ary França - Um abraço a todos e, se puderem, visite o site da peça www.almaboadesetsuan.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário