segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Exclusivo


Por: Ricardo Bello

Nosso entrevistado de hoje foi um dos finalistas da Casa dos Artistas- Protagonistas de Novela, no SBT. Também já fez trabalhos em outras emissoras na TV e papéis de destaque no teatro. Alexandre Carlomagno conversou com exclusividade com o Revista de Cultura.

No bate-papo descontraído, ele fala sobre sonho, preferência de personagens, vida pessoal e muito mais! Confira:

Revista de Cultura - Alexandre, o que você fazia antes de ser ator?

Alexandre Carlomagno - Sou ator há 12 anos, sou formado em Jornalismo também, mas nao exerço. A paixão realmente é por atuar. Sempre trabalhei como ator, sempre no teatro e nos últimos anos na TV. Mas, já fiz outras coisas sim, trabalhei como contra regra no teatro, iluminador, assistente de direção, ja vendi sonhos no circo também. Era uma boa época, tinha 10 anos e trabalhava vendendo sonho no circo, aquele mundo me encantava. Isso era na minha cidade, em Cornelio Procopio no Paraná.

Revista de Cultura - Ainda mantém contato com os ex-participantes da Casa dos Artistas?

Alexandre Carlomagno - Tenho contato com alguns participantes da casa sim. O Pedrinho e Leandro são os que mais falo. O Pedro sempre. A Carol também, temos um relação de muita amizade e respeito.

Revista de Cultura - Na sua família há outros artistas?

Alexandre Carlomagno - Artistas sim, celebridades não ( risos). Meu pai era poeta, locutor de radio, jornalista e cantor.Mas não profissional.

Revista de Cultura - O que gosta de fazer nas horas vagas?

Alexandre Carlomagno - Horas vagas. Muitas coisas. Tenho preferência por viajar, visitar a familia no Sul. Gosto de ler, ir a praia, cinema e teatro. Sou caseiro também. Depende muito do estado de espirito que me encontro. As vezes gosto de curtir minha casa.

Revista de Cultura - Que tipo de música você gosta de ouvir?

Alexandre Carlomagno - Sou um apaixonado por música. A preferência é MPB e Bossa Nova. Música tem que ser boa. Ouço samba de raíz também. Sempre a preferência por música brasileira.

Revista de Cultura - O que prefere fazer: comédia ou drama?

Alexandre Carlomagno - Comédia é um genero muito dificil de fazer, as vezes pode não parecer para o público. Mas, o ator sabe da dificuldade de fazer comédia. Sempre foi minha preferência. Hoje em dia, a preferência é por bons papéis. Quando digo bons papeis, quero dizer algo que acrescente ao público e a mim também como pessoa e artista.

Revista de Cultura - Você tem ídolos? Quem são?

Alexandre Carlomagno - Gosto muito do Paulo Autran e da Marília Pêra. Mas, meu ídolo é Jesus Cristo.

Revista de Cultura - Se você não fosse ator que profissão seguiria?

Alexandre Carlomagno - Se não fosse ator, não sei o que seria. Sempre me pergunto isso e nunca consigo a resposta. Talvez faria algo beneficente.

Revista de Cultura - Qual o seu maior sonho?

Alexandre Carlomagno - Meu maior sonho é conseguir me estabelecer como artista, ser reconhecido como um ator de teatro que faz televisão para sobreviver. Viver da arte, esse é meu maior sonho.

Revista de Cultura - O espaço é seu. Mande um recado para alguém, enfim...fique à vontade

Alexandre Carlomagno - Galera do blog Revista de Cultura... Desejo muita luz e paz a todos. E obrigado por acompanharem a entrevista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário